Santa Clara-a-Velha 2017-06-14T16:43:45+00:00

Project Description

Santa Clara-a-Velha

Cresceu junto às terras férteis do vale do rio Mira, uma aldeia, branca e florida, em redor da igreja de Santa Clara de Assis (séc. XVI). A ponte D. Maria, construída no séc. XVIII é conhecida pelos locais como ponte romana por estar perto de uma via romana que ligaria Beja ao Algarve e cujos vestígios perduram ainda. A fonte do Azinhal – de 1892 e restaurada em 1995 – e a estação de caminho de ferro de Sabóia concorrem também para a singularidade da aldeia. A barragem foi herança do Estado Novo e cobre uma área de 1986 hectares – é uma das maiores da Europa. A água do Rio Mira percorre 84,9km de canais, 50,4km de distribuidores e 309,6 km de regadeiras.

Outras informações:

Santa Clara-a-Velha, aldeia à beira do rio Mira, tem na igreja de Santa Clara de Assis o seu elemento patrimonial mais característico.

Gentes do Alto Mira, assim são designados os moradores locais.

O espelho de água é deslumbrante. Um passeio pelo lago gigante, conhecido entre os pescadores como a Meca do Achigã, permite observar numerosos recantos e ilhéus. Uma piscina fluvial convida a mergulhar nestas águas doces.

A pesca do achigã e os desportos náuticos passaram a integrar as atividades de lazer possíveis de desenvolver na região.