7 Maravilhas da Cultura Popular® registaram 504 candidaturas, com a participação de todos os distritos e regiões autónomas de Portugal.

140 finalistas regionais serão apresentados a 7 de Junho num programa em direto na RTP1

A Organização das 7 Maravilhas de Portugal® recebeu 504 candidaturas ao seu concurso de 2020, dedicado à Cultura Popular. Estas candidaturas foram avaliadas pelo Conselho Científico, que acabou por atribuir o selo de Nomeado a 471.

Os resultados da avaliação pelo Painel de Especialistas, a 3ª Fase do concurso, serão conhecidos a 7 de Junho, com atraso de 1 mês, em virtude dos constrangimentos causados por covid-19.

Nessa fase, o Painel de Especialistas composto por 7 elementos de cada um dos 18 distritos e 2 regiões autónomas, elege 7 patrimónios de cada região, num total de 140 finalistas regionais, que participarão nas respetivas eliminatórias regionais.

A 7 de Junho serão igualmente divulgadas as próximas etapas do concurso, que estão neste momento condicionadas à evolução da pandemia causada por covid-19.

“Acreditamos que Portugal e o Mundo vão ultrapassar esta crise e que no Verão será altura de fazer o país ressurgir, de puxar para cima as nossas características únicas, as nossas inesgotáveis maravilhas, a nossa cultura popular baseada em vivências e saberes únicos, que têm feito de Portugal a nação que todos adoramos e que também os turistas estrangeiros se habituaram a disfrutar. A eleição das 7 Maravilhas da Cultura Popular® é por isso de uma grande oportunidade, e como profundos conhecedores e promotores de todos os patrimónios que constroem a nossa Identidade Nacional, fazemos votos para que existam condições para voltarmos ao contacto com o grande público, na defesa daquilo que é nosso, que nos diverte e que representa a nossa herança enquanto povo”, explica Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas®.

Sobre as 7 Maravilhas®

Desde 2007 que divulgamos e comunicamos os valores positivos de uma Identidade Nacional forte.

Através desta experiência sabemos que as pessoas gostam de participar ativamente nas votações. Querem fazer as suas escolhas através do voto – são causas nacionais reconhecidas, temas que as pessoas amam.

A eleição das 7 Maravilhas® permitem a criação de roteiros turísticos que exploram o melhor que um país tem para oferecer, tanto para os turistas nacionais como para os internacionais. A primeira eleição decorreu em 2007 e catapultou o Património Histórico nacional para a ribalta global.

Em 2009 foi eleito o Património de Origem Portuguesa no Mundo, que partiu de uma base única no mundo – património classificado como Património da Humanidade em 3 continentes distintos, América do Sul, África e Ásia. A partir de 2010 foram eleitas as Maravilhas Naturais, a Gastronomia, as Praias, as Aldeias, as Mesas e os Doces, projetos que constituíram um grandioso sucesso, que levou ao conhecimento do público, lugares e a interioridade de Portugal, numa busca pelas origens e pela autenticidade, onde participaram centenas de milhares de portugueses.

A distinção de ser uma das 7 Maravilhas® é hoje um poderoso ícone de marketing e comunicação dentro e fora de Portugal.

A eleição das 7 Maravilhas da Cultura Popular® é a nona edição realizada desde 2007, com concursos que têm por tema os grandes valores da Identidade Nacional:

  • 7 Maravilhas de Portugal® (Património Histórico), em 2007
  • 7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo® (Património Histórico), em 2009
  • 7 Maravilhas Naturais de Portugal®, em 2010
  • 7 Maravilhas da Gastronomia®, em 2011
  • 7 Maravilhas – Praias de Portugal®, em 2012
  • 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias®, em 2017
  • 7 Maravilhas à Mesa®, em 2018
  • 7 Maravilhas Doces de Portugal®, em 2019

A RTP é a Televisão Oficial.

Todo o processo de eleição é auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

Para mais informações: info@7maravilhas.pt

Descarregar comunicado em Word e PDF.

Descarregar Lista de Patrimónios Nomeados em Word e PDF.

Leave a Reply