Chaves, Vila Real

Festas e Feiras

VOTE JÁ: 760 207 744

Chaves é palco da tradicional Feira dos Santos, grande acontecimento socioeconómico e cultural da região de Trás-os-Montes e Alto Douro, ex-libris festivo da cidade flaviense. Os “Santos”, poderosa manifestação popular, repetem-se anualmente quando outubro termina e novembro se inicia, em dias de celebração. A Feira dos Santos, maior feira de rua de Portugal, transforma o espaço público ao longo das principais artérias da cidade, que se transfiguram em espaços de convívio, vestindo roupagens de festa, com ruas repletas de multidões e onde o comércio e a diversão são tónica dominante.
A Feira dos Santos, ao longo dos tempos, tem vindo a revelar-se muito atrativa pelo seu contexto turístico-cultural para milhares de visitantes nacionais e estrangeiros, com especial destaque para os vizinhos do Norte da Galiza. Chaves abre as suas portas ao mundo manifestando a sua tão propalada hospitalidade.
Sem esquecer o seu cariz marcadamente popular e festivo, a Feira dos Santos assume-se como um certame multissetorial, com mais de 500 expositores. O vestuário, o calçado, o artesanato nacional e internacional, as antiguidades, os produtos agrícolas, a gastronomia e um leque de diversões, constituem algumas das atividades que, tradicionalmente, estão representadas neste importante evento anual.
A duração oficial da feira sempre se circunscreveu aos dias 31 de outubro, 1 e 2 de novembro podendo, porém, alongar-se no tempo, nomeadamente no que à componente recreativa se refere que pode durar cerca de um mês.
Mantendo uma tradição remota, a Feira continua a realizar o concurso do melhor gado, com o Concurso Nacional Pecuário das raças Barrosã, Maronesa e Mirandesa, os Concursos Concelhio de Suínos da Raça Bísara, o Concurso Concelhio de cão de Gado Transmontano, o Concurso Concelhio de Ovinos da Raça Churra Galega Bragançana, bem como a tradicional “chega de bois”, a feira das lãs, a atuação de grupos musicais e bandas e o arraial popular. A gastronomia é outra faceta muito atrativa, com destaque para a Feira do Polvo, que decorre em paralelo com a tradicional Feira do Gado.
Os “Santos” são feira e festa, com uma identidade cultural muito arreigada, do melhor que há no país, revelando-se os espaços exíguos para tão expressiva afluência.

Leave a Reply